Project Description

Objective e Hughes

A Hughes iniciou a sua operação de internet via satélite no Brasil no ano de 2015. Mesmo trazendo na bagagem sua expertise como uma das maiores empresas de internet via satélite dos Estados Unidos, o início da operação no Brasil prometia ser um grande desafio para a companhia.

Uma das primeiras dificuldades a ser transposta estava justamente na diferença entre os dois mercados, uma vez que as atividades de Telecomunicações são altamente reguladas pela Anatel aqui no Brasil. Essa característica fez com que a plataforma sistêmica de gestão dos assinantes da Hughes nos EUA (Hughes Net) precisasse ser tropicalizada para atender a legislação brasileira, especialmente no que tange ao sistema de faturamento.

A Hughes poderia optar por desenvolver uma solução internamente, ou então customizar a solução de Billing utilizada nos EUA, assumindo a carga de uma enormidade de integrações e desenvolvimento de regras de negócio, ocasionando gastos e ocupando braços que poderiam estar concentrados no core business da empresa, mas constataram que era mais vantajoso confiar à Objective esse projeto tão fundamental para viabilizar a sua operação aqui no Brasil: um sistema de billing integrado e tropicalizado, ou seja, adaptado à realidade da Hughes para o país.

Implantação e Integrações

A premissa deste projeto era acoplar o sistema de Billing da Objective se adaptando as interfaces existentes da plataforma Hughes.net. Por si só, esse já pode ser considerado um desafio, do ponto de vista técnico, o qual é potencializado quando existe a necessidade de analisar, compreender e reduzir o atrito entre dois mercados tão distintos. Trabalhar com times remotos no Brasil, Estados Unidos e Índia, gerenciando todas as questões culturais, de idioma e horários, foi outro grande desafio extremamente recompensador quando superado.

O BPO OSS BSS

Atualmente, a Objective atua também com a manutenção e o suporte à operação da Hughes no Brasil, criando um serviço único, personalizado às necessidades específicas da empresa: o BPO OSS BSS (Business Process Outsourcing de Operation Support System e Business Support System).

Para compreender o funcionamento da plataforma Hughes Net e, assim, conseguir criar tal pacote de serviços, a Objective realizou uma ampla etapa de imersão, enviando dois especialistas técnicos e um gerente de operações para os EUA, com a finalidade de compreender todas as especificidades dos sistemas envolvidos.

Após 3 meses de trabalho, o time retornou ao Brasil e foi capaz de contextualizar e treinar outras equipes de produção da Objective, prontas para colocar a mão na massa.

A Objective, então, tomou para si essa responsabilidade e constituiu o BPO OSS BSS: um time alocado, focado no suporte, manutenção, monitoria, enfim, focado em cada atividade relacionada ao ciclo de vida de um contrato da Hughes.

Destaque

Acima de tudo, o maior destaque da história da Objective com a Hughes foi o imenso trabalho de compreender o sistema do cliente, suas necessidades em um mercado inteiramente novo, rompendo as barreiras culturais e linguísticas, superando longos períodos de imersão, atuando em conjunto com o time dos EUA para a criação das interfaces e operacionalizando um extenso trabalho de programação.

Com o apoio da Objective, a Hughes iniciou uma próspera operação no Brasil, superando a marca dos 8 zeros em faturamento recorrente anual e conta com a parceria para continuar crescendo em escala e batendo suas metas para os anos vindouros.